sábado, 21 de agosto de 2010

namoros virtuais e a minha decisão de sumir.

Eu acredito em namoros virtuais, mas não acredito que eles durem muito. Uma hora você cansa de não tocar, e é isso. Não dá de manter um relacionamento sem o toque, sem a aproximação, sem os beijos, os carinhos, e as palavras ao pé do ouvido. As conversas pelo celular, webcam, não suprem as necessidades importantes de um relacionamento a dois. Quando ainda há a chance de viajar e ir ver a pessoa, até que pode dar certo. Se eu for basear minha vida amorosa em namoros virtuais, até que eu não me sairia tão mal. Mas, todos eles terminaram no mesmo lugar -- fim --- Na maioria das vezes, eu cansava daquela coisa rotineira. Webcam, skype, msn, e blábláblá. Pura besteira, falta de tempo. E o que fazia eu me apaixonar por pessoas que moravam do outro lado do país? A carência extrema. Devido meu grande poder de socialização (perceba a ironia) eu possuo muitos amigos, e a facilidade para encontrar alguém é enorme, cof cof cof. Daí acabo me sentindo só, e procuro algo bem mais fácil. Ou seja... um namoro (fail) virtual. Bem, essas coisas não funcionam, e se deu certo com você, bem vindo ao mundo das exceções.

__

Eu sempre tenho essas "loucuras" e vontades estranhas de querer sumir da vida dos meus amigos queridos. Desligo meu celular, invento que estou doente, às vezes, até publico uma notícia minha na internet que morri, ou que estou em coma e não poderei falar com ninguém por uns trinta dias. Até que eu canso de escrever, e ligo meu celular de novo, e mesmo não tendo nenhuma mensagem ou chamada não atendida, eu procuro os meus amigos. Fraquinho. Geralmente é repentino e passa logo, mas estou me convencendo de que preciso de um tempinho longe de todo mundo. Estou com a cabeça voando, as idéias submersas, os sentimentos meio confusos, uma depressão latente, filha da puta. Não consigo sentir a felicidade dos que me rodeiam, embora eu esteja realmente feliz por todos eles. Esse signo fudido acaba com a minha vidinha. Todo esse sentimentalismo à moda antiga, a idealização de um amor que nunca chega, é muita merda de pombo na cabeça de uma pessoa só. No search me, estarei escondido no meu quarto por tempo indeterminado.

2 comentários:

Lord V. disse...

eu tenho um namorido virutal. q ja eh real. ha 18 meses!
=S

abraços
voy

renato disse...

acho que temos muito em comum, mas isso não significa boa coisa né?


rsrsrs
mas estou no namoro virtual tb.
cansei dos meus conterraneos, que não sabem o que é um relacionamento.
assim de algum modo estou bem melhor.
rsrsrs

bjim