sexta-feira, 20 de fevereiro de 2009

Perdido.

Nada do que saía da sua boca era verdade, seus olhos não acompanhavam a sua boca, sua hesitação em cada meia palavra deixa transparecer o seu desespero, de fato eu iria ser deixado ali debaixo daquela chuva, que antes de mim já deveria saber o que iria acontecer. "Não tem nada a ver com você, sou eu." Porque essa frase sempre é usada ao invés do sincero e rápido "É, eu não amo mais você como antes." Diga o que tem de ser dito de uma vez só, sem deixar que sobrem esperanças para mais adiante, sem deixar que eu continue achando que ainda pode dar certo, faça com que não sobre nada além das memórias, já que elas não podem ser apagadas nem esquecidas, mesmo que passem mil anos. Lembranças essas que vão perdurar por muito tempo, bastante tempo. Duro, rápido, cruel. Eu não me contive, mas a chuva daquele dia fez com que minhas lágrimas passassem despercebidas. Eu não sabia se eu voltava para casa, e lembrava dos momentos que ali passamos juntos, ou se eu continuaria ali na rua, vagando sem destino, como alguém que perde o foco da vida, e pretende desistir de tudo. Foi como se me arrancassem o coração, cortassem lentamente a minha pele, a dor era tanta, que parecia mais uma doença. Eu apostei todas as minhas fichas na gente, arrisquei, lutei e sangrei. Dias depois, eu já não conseguia me ver amando alguém novamente. Era como se eu estivesse vivo de coração parado. Meus olhos fundos e negros, já não brilhavam sequer com a luz do sol. Minha vida parecia não ter mais sentido, logo eu, que sempre me mantive esperto para que ninguém se aproximasse, para que ninguém tivesse a chance de acabar com meus sonhos e me desviar dos meus objetivos. Quando percebemos, eles já foram levados por alguém que você supostamente acreditava conhecer. É, meu coração para por aqui. Portas trancadas. Chaves jogadas fora. Chega de confusões, chega de noites em claro, chega de decepções, chega de beijos apaixonados, chega. Isso não é uma decisão de idéias exatas, e sim uma, talvez breve, condição imposta por pessoas erradas.

8 comentários:

Z disse...

quando entrar no blospot, va lah em layout onde vc põe itens no site certo e cria em qualquer lugar (de preferência visível) uma lista de links chamada parceiros e põe meu link lah ok?

paradoxico imperfeito. disse...

muito bom seu texto. É assim mesmo, a gente sempre cuidando pra não deixar ninguém se aproximar e tomar conta do nosso coração, para poupar-nos de certos sofrimentos e sentimentos, mas qualquer distração e pronto: seu coração está dominado por alguém, e voce perdidamente apaixonado, mas depois de um tempo todos os sonhos, momentos vividos, beijos dados, abraços compartilhados coisas que fizeram voce mudar, se mudam de voce. Aí o que resta, são os pedaços do seu coração espalhados pelo chão, é como se voce vivesse apenas por viver, sem um motivo, sem uma razão, apenas por viver. Seu coração está triste e quebrado, mas algumas lembranças insistem em permanecer e machucar-te profundamente. É aí, que voce acaba se perdendo de si mesmo... ;~

paradoxico imperfeito. disse...

IHEHEIH ah sim...gosto da kate =) tenho voce add no orkut, e tinha favoritado no meu fotolog, mas nao sei se tens fotolog ainda... 1bj

paradoxico imperfeito. disse...

ah sim kkkk fotolog ta chato agora, antes quase ninguém da minha cidade tinha, agora muitos tem aí nem tenho mais vontade de postar, era uma espécie de desabafo, agora várias pessoas leêm...

Toninho disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Toninho disse...

A sinceridade, ao nosso ver, é menos dolorida, e sara rapidamente a ferida de ter recebido simplesmente a verdade. Mas, de uma forma ou de outra, não podemos contar com ninguém, esperando a caridade e a piedade de tal. A vida é um túnel de mágoas e, se não estamos preparados, levamos muita pancada dela. É, tão somente, nos colocarmos no lugar do outro, e sermos fortes para enfrentar qualquer decepção.
---------------------------------
Quanto ao blog, e especialmente a este texto, cara ! Muito boom... palavras, nitidamente, pensadas e bem redigidas. Parabéns mesmo !
Eu vou sim te linkar... vale a pena !
vlw !

www.tonblogando.blogspot.com

Toninho disse...

Cara, olha eu novamente...
Desculpe pela ignorância, mas eu, simplesmente, não consigo te linkar. Não aparece a opção onde, geralmente, encontra-se na página principal do blog. Quando ler este coment, manda outro pra mim me dizendo como fazê-lo.
Abraços !
www.tonblogando.blogspot.com

Camila Locatelli disse...

Oi tudo bem?
Gostei do texto!!!
Valeu pela visita no meu blog
e vamos fazer parceria sim!
beiijos

http://falandosobrealgo.blogspot.com/