domingo, 11 de janeiro de 2009

Viva a sua dor.

Segurar as lágrimas contidas, tentar esconder as feridas, ignorar os fatos, não vai fazer com que você se sinta melhor. Não fuja dos seus problemas, eles logo encontrarão você denovo. Pare de se cobrar tanto, decepções estão propícias a acontecer com qualquer pessoa, você não é a única que passa por coisas desagradáveis. As horas passam, e quanto mais você segura essa tristeza em seu coração, pior é. Deixe que o chão se abra, deixe que você caia. Passe esse tempo sozinho, e chore tudo que você tem para chorar. Livre-se dessa dor. Você se sentirá mais aliviado, menos frustrado, menos amargurado, mais feliz, e menos debilitado. Seu sorriso não será forçado, não se trancará em seu quarto, acordar cedo não será algo problemático. As luzes podem se apagar diversas vezes na sua vida, mas você não pode desistir de acendê-las. Não ignore, tudo depende de você. Não se acomode no escuro, é tão mais agradável poder ver o mundo. Mostre o quão forte você se tornou, encare a vida como ela é e pense somente nos momentos bons que viveu. Achar que tudo é um desastre, que nada dá certo e que suas escolhas nunca são as corretas, é um erro. Pequenos acontecimentos felizes é que fazem a vida valer a pena. Então, esqueça o dia em que tudo pareceu andar pra trás, lembre-se que amanhã é um novo dia, e que com ele ainda virá muito mais.

Um comentário:

L is for luá disse...

completando ... e quando vc chegar no fim do poço pare de cavar. tem a ver? IEROEIEOEIEOEIEOIEOE